Please select your page

Biomassa

A biomassa e como ela é utilizada para geração de energia

ABiomassaé a massa total de organismos vivos numa dada área. Esta massa constitui uma importante reserva de energia, pois é constituída essencialmente por hidratos de carbono. Dentro da biomassa, podemos destinguir algumas fontes de energia com potencial energético considerável tais como: a madeira (e seus resíduos), os resíduos agrícolas, os resíduos municipais sólidos, os resíduos dos animais, os resíduos da produção alimentar, as plantas aquáticas, e as algas.

Acomposição média, da biomassa é:

75% de hidratos de carbono
25% de Lenhina

Em termos de energia realmente produzida, a madeira (proveniente das plantas terrestres), é a mais abundante, como podemos veja abaixo:

64% madeira
24% resíduos municipais sólidos
05% resíduos agrículas
05% gases provenientes de aterros sanitários

Em termos deutilidade, estas matérias, que constituem a biomassa, podem ser utilizadas de formas variadas para a obtenção de energia, quer directamente, quer indirectamente.

Se forem utilizadasdirectamente, então o principal processo utilizado é aqueima directa. Este, gera algum calor que pode ser utilizado tanto para aquecimento doméstico, como para processos industriais. Desta combustão, resulta, principalmente, dióxido de carbono e vapor de água.

Se forem utilizadasindirectamente, então são vários os processos e tipos de utilização:

Produção de electricidade:

Gaseificação:consiste na conversão da biomassa num gás combustível que é utilizado para gerar vapor, o qual vai ligar uma turbina, que, por sua vez liga um gerador que converte a energia mecânica em electricidade.
Pirólise:consiste no fornecimento de energia sob a forma de calor à biomassa, que, através de uma reacção química, é convertido em óleo. Este, pode ser posteriormente queimado como o petróleo, também para a produção de electricidade.
Bio-combustíveis:(quer os combustíveis puros, quer os aditivos)

Etanol:é o bio-combustível mais utilizado. “É obtido através da fermentação da biomassa, (semelhante à fermentação alcoólica da cerveja).” Combinando o etanol com a gasolina, obtem-se um combustível menos poluente.
Metanol:é um combustível que pode ser obtido através gaseificação da biomassa. Neste processo, “a biomassa é primeiro convertida num gás sintéctico, e só depois é tranformada em metanol.” A maior parte do metanol produzido é utilizado na indústria como solvente, anti-congelador ou aínda para sintetizar outras substâncias. Nos EUA, cerca de 38% é combinado com a gasolina para efeito de tranportes.
Biodiesel:é feito com óleos e gorduras encontradas em microalgas e outras plantas. Pode substituír o gasóleo utilizado por muitos meios de transporte que não só é mais poluente, como também é derivado do petróleo e por isso não é renovável.
Biogás (gás metano: CH4):é obtido através da acção das bactérias que, por digestão anaeróbia, actuam sobre os resíduos dos aterros sanitários. Pode, no entanto, ser obtido aínda por gaseificação. Este gás liberta uma quantidade considerável de calor quando inflamado e é utilizado, sobretudo, na indústria.

Asvantagensda utilização da biomassa:

É uma fonte de energia renovável e limpa, que pode melhorar a qualidade do ambiente. Pode contribuír também positivamente para a economia, na medida em que há menos desperdício de matéria, e porque fornece ao mesmo tempo vários postos de trabalho. É uma energia segura e com grande potencial.

Asdesvantagense obstáculos do uso da biomassa:

Para aumentar considerávelmente o uso da biomassa, seriam necessárias criar culturas agrícolas apenas com fins energéticos. Seria necessário também, efectuar um melhoramento da eficácia dos sistemas sanitários, de modo a diminuir o desperdício de matéria, por exemplo, sob a forma de gás. É também necessária a criação de um sistema mais eficiente de transporte de bio-combustíveis. Por enquanto, o uso da biomassa, em termos de preço/competitividade é aínda, no presente, menos rentável do que outras fontes de energia mais poluidoras tais como os combustíveis fósseis. Por último, “a combustão de biomassa (tanto as áreas naturais do ecossistema como as florestas, relvados ou lenha) produz 3,5 milhões de toneladas de carbono (na forma de dióxido de carbono) todos os anos, chegando a contribuir com 40% da produção mundial anual de dióxido de carbono.”

O uso da biomassa (para fins energéticos) pela população mundial é, no presente, de apenas 7% da biomassa total produzida anualmente. Há, no entanto, alguns casos da sua utilização, anível internacional, que podemos apontar:

países como o Brasil e a China, que têm vindo a utilizar cada vez mais a biomassa como combustível e como gás para uso doméstico e industrial.
a Europa, onde cerca de 2% do consumo total de energia eléctrica provem da biomassa. De acordo com algumas estimativas, até ao ano 2020, a produção de energia eléctrica através de biomassa assegurará 15% do total consumido.
 “Portugalnão está de costas viradas para este importante recurso energético. A PROEP, empresa do grupo EDP, contará a médio prazo com uma central de produção de energia eléctrica a partir do aproveitamento de recursos florestais situada em Mortágua.”

39% combustíveis líquidos
32% combustíveis sólidos
24% gás
05% eletricidade

Qualquer uma destas energias pode ser fornecida pela biomassa

Um último dado importante, é o facto de que a produção total de biomassa no mundo pode fornecer até 8 vezes a energia total utilizada no mundo, quer isto dizer, que a biomassa constitui uma fonte imensa de energia.

Login

Please login using your credentials recived by email when you register.


Esqueceu sua senha? |  Esqueceu seu usuário?

×